A Oração de Santo Afonso Maria de Liguori

para a Comunhão espiritual

Neste período de emergência sanitária em que as missas com a participação dos fiéis estão suspensas em muitos países, o Papa convida à Comunhão espiritual. Durante a celebração da manhã na Casa Santa Marta, recita frequentemente a oração de Santo Afonso Maria de Liguori.
Não poder receber a Eucaristia não significa não poder se predispor a acolher Jesus com o coração. Na história da Igreja existe uma antiga práxis, confirmada em particular pelo Concílio de Trento, que o Papa Francisco recordou várias vezes durante este período de pandemia. É a Comunhão espiritual: com uma oração exprime-se o desejo ardente, já que não é possível receber a comunhão sacramental, de acolher Jesus Cristo pelo menos espiritualmente. Convidando à Comunhão espiritual, o Papa Francisco recita frequentemente esta oração de Santo Afonso Maria de Liguori durante a Missa na capela da Casa Santa Marta:

 

“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós”.

 

Retirado do site Vaticanews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*