Segunda-feira Santa

Segunda-feira Santa

Neste dia, Jesus descansou na casa de uma família muito estimada por ele, a de seu amigo Lázaro (quem Ele havia ressuscitado), e de Maria Madalena. Faltavam seis dias para a Páscoa, e durante o jantar, Maria tomou um vaso de nardo (um perfume muito caro na época) e ungiu os pés de Jesus, enxugando-os depois com seus cabelos. O gesto de Maria foi imediatamente criticado por um dos seus apóstolos, que hipocritamente alegou que o dinheiro que o perfume valia poderia ser dado aos pobres. Jesus repreendeu a critica e saiu em defesa de Madalena.

“Lucas 7:44 E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; esta, porém, regou os meus pés com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos.
Lucas 7:45 Não me deste ósculo; ela, entretanto, desde que entrei não cessa de me beijar os pés.
Lucas 7:46 Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta, com bálsamo, ungiu os meus pés.
Lucas 7:47 Por isso, te digo: perdoados lhe são os seus muitos pecados, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.
Lucas 7:48 Então, disse à mulher: Perdoados são os teus pecados.”

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*