Pesquisa

 
 

Menu

 

Geral : QUINTA FEIRA SANTA

Enviado por joaquim em 05/04/2012 12:43:26 (1093 leituras)


eucaristiaA liturgia da Quinta-feira Santa nos ensina gestos e símbolos do amor com a cerimônia do Lava-pés, a proclamação do novo mandamento, a instituição do sacerdócio ministerial e a instituição da Eucaristia.




QUINTA FEIRA SANTA


A liturgia da Quinta-feira Santa nos ensina gestos e símbolos do amor com a cerimônia do Lava-pés, a proclamação do novo mandamento, a instituição do sacerdócio ministerial e a instituição da Eucaristia. 


A Eucaristia é o amor maior que se exprime mediante tríplice exigência: do sacrifício, da presença e da comunhão. O amor exige sacrifício e a Eucaristia significa e realiza o sacrifício da cruz na forma de ceia pascal. Nos sinais do pão e do vinho, Jesus se oferece como Cordeiro imolado que tira o pecado do mundo: "Ele tomou o pão, deu graças, partiu-o e distribuiu a eles dizendo: isto é o meu Corpo que é dado por vós". Também renovou a Aliança de Deus: "Tomou o cálice em suas mãos dizendo: Este cálice é a nova aliança em meu sangue, que é derramado por vós". Pão dado e sangue derramado pela redenção do mundo. 


A Eucaristia é a presença real do Senhor. Ela é o Sacramento da Unidade entre os cristãos. Ao instituir a Eucaristia Jesus institui também o mandamento do amor. Portanto, a Eucaristia e o amor aos demais têm que andar sempre juntos como prova do amor de Deus por nós. Ao participar da missa Jesus pede que nos amemos uns aos outros como Ele nos amou. E, neste sentido, a Eucaristia deve estar ligada ao Sacramento da Reconciliação, pois receber o "alimento de vida eterna" nos traz a importância da reconciliação constante entre os irmãos e com Deus. 


Ao dizer: "Façam isto em minha memória". Jesus deixa a missão de renovar este gesto e este sinal, e faz os apóstolos e seus sucessores capazes de agir "na pessoa de Cristo, como cabeça e pastor" para reunir a comunidade de fé e para oferecer, com ela e por ela, o mesmo sacrifício do Cristo. Assim foi instituído o sacerdócio ministerial. 


A fé cristã vê Jesus Eucarístico como o caminho que leva à comunhão ideal de vida. Comungar é identificar-se com Ele no modo de pensar, nos sentimentos e na conduta da vida. A Eucaristia é a vida partilhada com os irmãos. É viver e amar como Jesus amou. Ele quer que experimentemos gestos que respeitam o modo de ser de cada um e que amando uns aos outros, num ambiente de família seja realizada a memória da Páscoa. 


Jesus nos convoca a viver o amor serviço, o amor da partilha, o amor que leva a igualdade de vida. No gesto do Lava-pés aprendemos que devemos ser humildes a ponto de lavar os pés uns dos outros: para Deus a autoridade só pode ser entendida como função de serviço e de dedicação ao outro. Este gesto mostra a simplicidade e misericórdia vinda do Pai: acolher, servir, partilhar, perdoar e amar.

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo