Vocação: Chamado de Deus

Vocação: Chamado de Deus

A palavra vocação vem do latim “vocare” e significa chamado. Quando falamos de vocação no contexto de nossa fé cristã, não podemos pensar em um chamado qualquer. É, pois, um chamado todo especial que vem de Deus. Contudo, se há alguém que chama, deve haver um outro que escuta e responde. Esse outro é o ser humano.
A vida de todo ser humano é um dom de Deus, pois “somos obra de Deus, criados em Cristo Jesus” (Ef 2,10). Não somos uma existência por obra do acaso e lançada ao absurdo. Somos criaturas de Deus. Não existe ninguém que não seja chamado por Deus a viver na liberdade para que possa conviver e servir a Deus através do relacionamento fraternal com os outros.
Na Bíblia encontramos muitos exemplos de pessoas que receberam um chamado todo especial de Deus: Abraão, Moisés, os profetas… Em todas elas encontramos o movimento de Deus que toma a iniciativa de chamar, escolhe livremente e permite total liberdade de resposta. Portanto, podemos dizer que vocação é o encontro de duas liberdades: a de Deus que chama e a do ser humano que responde.
Podemos fazer uma distinção entre os chamados (as vocações):
Vocação à existência: o primeiro momento forte em que Deus manifestou todo seu amor a cada um de nós – o grande chamado à vida.
Vocação humana: o chamado a ser gente, a ser pessoa. Aprendemos a conviver, a dialogar e a se relacionar. Estabelecemos assim uma comunhão com o Criador e, nessa atitude dialogar, somos pessoa.
Vocação cristã: o chamado a ser filho no Filho Jesus pelo Batismo. Todo batizado recebe a graça de fazer parte do povo eleito por Deus, do Corpo de Cristo que é a Igreja e de ser impulsionado pelo Espírito Santo a viver a santidade.
Vocação específica: toda pessoa batizada se torna um seguidor de Cristo, participante de uma comunidade de fé que é chamada para participar da obra de Deus, como membro de sua Igreja. Seguindo caminhos diferentes, o cristão participa e coopera da mesma construção do Reino de Deus, seja pelo exercício do sacerdócio dos fiéis (solteiros ou casados), seja pelo exercício do sacerdócio ordenado (diáconos, padres ou bispos).
Enfim, Deus chama em vista de uma missão de serviço a seu povo. Estejamos atentos, portanto, para responder da melhor forma possível ao dom de Deus em benefício da construção de seu Reino.

Robert Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*